ARTE: Barroco Italiano

O Barroco Italiano foi um movimento artístico e arquitetônico entre os séculos XVII e XVIII relacionado à Contrarreforma, resposta da Igreja Católica Apostólica Romana à Reforma Protestante de Lutero (século XVI).
Iniciado em Roma, o movimento Barroco teve como referência inicial as técnicas desenvolvidas no Renascimento e logo se expandiu pela Europa e, até mesmo, pelas Américas por meio dos colonizadores.
Segundo HISTÓRIA DA ARTE BARROCA (2016), "[...] o Barroco rompeu o equilíbrio entre o sentimento e a razão ou entre a arte e a ciência, que os renascentistas procuraram realizar de forma consciente. No Barroco, predominam as emoções e não o racionalismo renascentista. As figuras barrocas são representadas de tal forma que parecem estar em movimento. Além disso, o movimento presentou um dinamismo e um exagero de formas e cores jamais visto no Renascimento".
Em suma, a exuberância de formas e a dramaticidade são suas características principais. Um exemplo é a obra Cena in Emmaus de Caravaggio, evidenciada a seguir:


Fonte: Disponível em: <www.artifiorentine.it/product/115/Cena-in-Emmaus.html>. Acesso em: 16 nov. 2016.

Entre seus artistas, três grandes nomes se destacaram: Caravaggio (pinturas), Bernini (esculturas) e Borromini (arquitetura).

Referência:
HISTÓRIA DA ARTE BARROCA. Disponível em: <www.ahistoria.com.br/arte-barroca/>. Acesso em: 16 nov. 2016.